Como organizar definitivamente o seu armário?

Se tem uma coisa que eu amo e que me dá paz de espírito é ver o meu closet (que, aqui na Suíça, é compartilhado com meu marido) 100% organizado. Eu sempre fui bastante organizada e, com o passar dos anos, eu fui aperfeiçoando algumas técnicas de organização, e também adaptando de acordo com as necessidades – afinal de contas, como vocês devem imaginar, mudar de país a cada 2/3 anos requer um alto nível de organização, e nem tudo que funciona numa casa funciona em outra, até por diferenças culturais que frequentemente se refletem na arquitetura dos apartamentos.

O final do ano é um momento propício para (re)organizar o armário, já que essa tarefa não só permite uma limpeza profunda numa parte importante das nossas vidas (afinal de contas, a gente não vive sem peças de vestuário) mas também pode ser um caminho virtuoso pra começar o novo ano com a energia lá em cima: separar para doação o que não faz mais sentido na nossa vida pode trazer mais cor e brilho pra vida de muita gente – tanto pra quem doa quanto pra quem recebe.

Talvez você ache que o seu armário está numa situação completamente aceitável, mas se há pilhas de roupas nas quais você não toca há anos, sapatos cobertos de poeira, ou gavetas/portas que não se fecham, você achou errado! É por isso que eu tô assumindo um compromisso com você de, juntos, não deixarmos que nossos armários/closets fiquem abarrotados de coisas em 2022, aplicando algumas técnicas de organização que eu já testei e que realmente funcionam pra manter roupas, sapatos e acessórios organizados por muito mais do que uma semana.

Não se apegue à peças que realmente não funcionam

Primeiramente, faça uma limpeza geral. Todos nós já estamos familiarizados com a popular pergunta da Marie Kondo “isso me traz alegria?”, que faz parte do seu best-seller pregando que você deve sempre se fazer essa pergunta quando estiver tomando decisões relacionadas ao que fica e ao que sai da sua vida.

É claro que esse tipo de tarefa é mais facilmente realizada com a ajuda de um profissional, já que os consultores de imagem são treinados para identificar o que funciona ou não no guarda-roupa dos clientes, inclusive ajudando no processo de desapego. Mas se você não pode contratar um(a) personal stylist neste momento, comece avaliando individualmente cada peça. Roupas manchadas, calças apertadas demais, peças que não são usadas há mais de 2 anos, sapatos que machucam: por que continuá-las guardando?

Como consultora de imagem, sempre reparei que principalmente as mulheres tendem a se apegar à peças que já não cabem há muito tempo e a gente insiste em dizer que está guardando pra quando perder os quilinhos a mais. Sapatos muito apertados e que machucam os pés também são itens comuns de serem acumulados por aqueles que juram que haverá sempre uma oportunidade de usá-los sem caminhar muito, só para nos fazer morrer de arrependimento tão logo insistimos em sair de casa com eles. É hora de aceitar que esse tipo de hábito não é legal, e que a melhor coisa a se fazer é separar essas peças que não fazem mais sentido na nossa vida, seja por qual motivo for, para serem doadas a quem vai realmente fazer uso delas ou, nos casos de peças furadas/rasgadas ou com manchas irreparáveis, para serem entregues à reciclagem responsável de tecido.

Por falar em reciclagem, é sempre importante lembrar que jamais devemos descartar no lixo as peças de roupas que não queremos mais – e isso inclui roupas íntimas! O descarte irresponsável de tecido é muito nocivo para o meio ambiente!

Invista em soluções organizacionais perfeitas

Agora que você já venceu o grande obstáculo do acúmulo desnecessário, é hora de organizar – e isso começa por ter as soluções organizacionais perfeitas, lembrando que o que funciona pra você pode não funcionar pra outra pessoa, e vice-versa. No entanto, eu acredito firmemente na criação de um sistema de organização básico: separar por cores, por tipo de peça, por função, por estação do ano (principalmente se você mora num lugar que tem as estações do ano bem definidas).

Investir em bons cabides não só garante um armário visualmente mais agradável como também pode ser uma economia a longo prazo, já que eles vão durar muito tempo. Anos atrás, eu investi em cabides de aço inox, que nos serviram muito bem até nos mudarmos pra Suíça, onde espaço se tornou um problema e foi preciso repensar esses cabides: foi aí que eu investi em cabides de veludo, que são mais leves e ocupam bem menos espaço do que os cabides de inox. Hoje em dia, eu só uso os cabides de inox para secar roupas que são delicadas demais para a secadora, e também para as camisas sociais do meu marido, por ter reparado que estes cabides ajudam as camisas a amassar menos do que os cabides de veludo. Por sua vez, os ternos do meu marido são pendurados em cabides específicos que evitam perder o formato.

Dentro do possível, eu também aconselho guardar sapatos num lugar separado das roupas. Na minha vida, isso é um hábito que vem da infância, já que uma das recomendações para evitar a piora das crises alérgicas recorrentes era justamente essa. A razão? Além da sujeira natural de pisar no chão das ruas, os sapatos costumam acumular mais ácaros se guardados juntos das roupas. A organização de fato dos sapatos vai depender do espaço que você tem disponível: prateleiras, caixas organizadoras, ou organizadores de sapato em tecido impermeável (que evitam a proliferação de ácaros!). Você também pode considerar revezar os seus sapatos de verão/inverno.

Bolsas e acessórios como lenços, cachecóis, cintos, luvas e chapéus também merecem ser guardados com cuidado. Chapéus devem ser armazenados de modo a não perder o seu formato natural. Tratar suas bolsas com carinho certamente prolongará a vida útil delas que, muitas vezes, podem ter sido verdadeiros investimentos pra uma vida inteira: evite, por exemplo, deixar que metais de uma bolsa entrem em contato/façam pressão em outra bolsa, já que isso pode danificar o couro de maneira irreparável. Suas peças de couro também devem ser arejadas e limpas com alguma frequência – pra isso, é importante usar os produtos certos, a fim de não transformar uma limpeza de rotina numa perda irreparável.

Tenha uma divisão clara entre suas roupas de inverno e verão

Essa dica é principalmente importante pra quem mora em lugares com as estações do ano muito bem definidas, já que tendemos a ter mais roupas adequadas para baixíssimas temperaturas. E, meu Deus, como as roupas de inverno ocupam espaço!!

Um jeito ótimo de abrir espaço pras roupas de verão é guardar todos os casacos e suéteres pesados em sacos a vácuo, que podem ser encontrados nos mais diversos lugares a preços bastante razoáveis (dica extra: esses sacos a vácuo também são ótimos para guardar edredons e cobertores pesados!!). Já no inverno, o ideal é guardar as roupas leves do verão como vestidos, shorts e roupas de praia seja em caixas organizadoras ou até mesmo em gavetas. Fazer essa rotação das peças de roupa não é somente benéfica do ponto de vista organizacional, mas também nos ajuda a realmente ver tudo o que temos em cada estação, além de trazer uma certa sensação de novidade dentro do nosso próprio armário sem precisar comprar nada novo.

Aprenda e aperfeiçoe a arte de dobrar suas peças

A maneira como você arruma suas roupas depende completamente da configuração do seu armário/closet, e também da sua preferência. Como eu falei ali em cima, eu já tive que readaptar meu sistema organizacional algumas vezes por conta da disponibilidade de espaço em apartamentos diferentes em países diferentes. Mas, de modo geral, eu tento sempre deixar pendurados meus casacos, jaquetas, blazers, camisas, saias e calças – se possível, também penduro as t-shirts, evitando assim que elas fiquem muito amarrotadas – organizando cada categoria de peças por cor. Por sua vez, os suéteres e cachecóis são sempre organizados dobrados, porque pendurar peças de tricô é receita para estragá-los.

Pijamas também devem ser guardados preferencialmente dobrados, enquanto meias e peças íntimas podem ser enrolados e, depois, organizados em divisores de gavetas específicos. Sutiãs se beneficiam particularmente dessa configuração organizacional, já que, com bojo ou sem, é um jeito de evitar que eles percam a forma, o que encurtaria a vida útil das peças.

Onde encontrar os acessórios perfeitos para organização?

Fora do Brasil, alguns exemplos de lojas que oferecem ótimas soluções para organizar seu armário/closet da maneira ideal são a Ikea e Home Depot, embora muitas vezes também seja possível encontrar organizadores diversos em supermercados e lojas de material de construção.

No Brasil, a Leroy Merlin e a Casa & Vídeo, por exemplo, tem opções excelentes desde organizadores de gavetas até sapateiras diversas, passando por caixas organizadoras dos mais diferentes tamanhos e propósitos. Etna e Tok Stok também contam com opções interessantes. Lojas online como Magazine Luiza e Amazon também contam com grande variedade de organizadores dos mais diferentes preços.

Disclaimer: nenhuma das lojas pagou comissão para serem divulgadas neste post. Todas as peças foram selecionadas por mim de forma independente.

Quero aproveitar para desejar a você um feliz ano todo! Agradeço muito a todos que leem o blog e que, mesmo sem saber, me incentivam a não desistir de escrever aqui – ainda que sem a constância que eu gostaria!! Tudo o que é postado aqui e no O Mundo é a Minha Casa é pensado e escrito com muito carinho e, se Deus quiser, em breve poderei me dedicar mais aos posts nestes blogs!

Publicado por Letícia

Mestra em Estudos Estratégicos da Defesa Nacional e Segurança Internacional pela Universidade Federal Fluminense. Personal Stylist pela London College of Style. Nasceu e cresceu em Niterói-RJ, e morou 2 anos em Brasília-DF, onde casou-se com seu grande amor e companheiro de aventuras. Curiosa de nascença, fotógrafa por hobby e escritora por acaso, já foi guia de grupos turísticos para Orlando (EUA) por 6 anos, traduziu e dublou um desenho animado e ensinou português para armênios enquanto morava em Yerevan (Armênia). Desde agosto de 2019 mora na Suíça, com o marido, estudando na Universidade de Berna.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: