From Skinny to Loose: uma nova era das calças jeans?

Deu no New York Times: depois de uma década, as calças skinny estão perdendo seu posto como absolutas favoritas entre os consumidores. A matéria do NYT destaca que o obituário do jeans skinny já foi escrito várias vezes ao longo dos anos desde a sua ascensão há mais de uma década e, mesmo assim, aContinuar lendo “From Skinny to Loose: uma nova era das calças jeans?”

Lenços na cabeça, de acordo com Hermès

É inegável que a pauta BBB está nos assuntos mais comentados por 9 em cada 10 brasileiros, seja por quais motivos for. As diversas polêmicas da edição 2021 do reality show incluem o uso de lenços na cabeça por alguns participantes do programa. Devo dizer que a maioria dos comentários que li “nas internets” sobreContinuar lendo “Lenços na cabeça, de acordo com Hermès”

Refletindo sobre consumo consciente em 2021

Depois de um grande hiato – em que eu mais rascunhei textos do que, de fato, terminei algum -, eis aqui o nosso primeiro post de 2021, que é uma reflexão diretamente provocada por um artigo da Vogue que eu li recentemente. Neste artigo, a grande pergunta é: como o consumidor consciente se veste emContinuar lendo “Refletindo sobre consumo consciente em 2021”

Você deve ter uma peça nobre

A “peça nobre” (ou hero piece, como diria um dos meus professores na LCS) é um detalhe essencial que te valoriza da cabeça aos pés, que eleva o seu guarda-roupa, que te deixa mais confiante, que te dá a certeza de que você pode conquistar o mundo. Mas não se engane: quando a gente falaContinuar lendo “Você deve ter uma peça nobre”

O “french tuck” e a sua silhueta

Aproveitando que estamos falando sobre o je ne sais quoi francês por aqui, queria abordar um truque de styling muito simples que pode fazer maravilhas pela sua silhueta: o french tuck ou tucking in. Infelizmente eu não conheço uma tradução perfeita dessa expressão para o português, mas significa, simplesmente, enfiar apenas um pedacinho da suaContinuar lendo “O “french tuck” e a sua silhueta”

Editando um armário cápsula de outono

Há mais de 2 anos, eu escrevi um post apresentando algumas dicas para fazer uma versão real do armário cápsula, que é um dos posts mais acessados na história desse blog. Com o começo do outono por aqui, que veio acompanhado de uma queda drástica nas temperaturas, eu resolvi editar um armário cápsula para aContinuar lendo “Editando um armário cápsula de outono”

Como a matemática do custo por uso pode te ajudar a comprar menos e melhor

Eu lembro bem da primeira vez que comecei a pensar na lógica do custo por uso na minha vida: foi em 2009, quando eu era guia pra Orlando. Consequentemente, visitava outlets e shoppings a cada 6 meses numa época em que a cotação dólar x real permitia fazer várias comprinhas por temporada. Na época, nemContinuar lendo “Como a matemática do custo por uso pode te ajudar a comprar menos e melhor”

Slow fashion: ask why before you buy

O primeiro passo para adotar o slow fashion é perguntar-se o propósito de cada compra antes de efetivamente comprar (ask why before you buy) – ou seja, comprar com intenção. Uma das principais funções do personal stylist é educar os seus clientes sobre como criar um armário que será verdadeiramente amado e valorizado. Quando vocêContinuar lendo “Slow fashion: ask why before you buy”

Elegância não depende de orçamento

Há um tempo atrás, eu escrevi um post que debatia, de maneira sucinta, como podemos ter um estilo elevado independente do orçamento. Hoje, eu quero entrar um pouco mais nesse debate, trazendo algumas dicas de como vestir-se de maneira mais elegante, seguindo a mesma linha de raciocínio de que ter um estilo polido não temContinuar lendo “Elegância não depende de orçamento”

O que é a estratégia intencional na imagem?

Em 2014, eu recebi o meu título de Mestre em Estudos Estratégicos da Defesa Nacional e Segurança Internacional. E o que isso tem a ver com esse post? Simples: estratégia. Uma das primeiras disciplinas que eu cursei no mestrado versava sobre o pensamento estratégico e diversas maneiras possíveis de aplicá-lo. E é claro que euContinuar lendo “O que é a estratégia intencional na imagem?”