Falar de vestuário masculino é um desafio porque a vasta maioria dos homens não se interessa (muito) pelo que veste. Mas, durante o curso de personal stylist na London College of Style, e também nas experiências que eu tive montando looks para rapazes, eu me diverti MUITO trabalhando com vestuário masculino. Talvez por esse desinteresse que os homens costumam ter, a experiência de consultoria de imagem e estilo seja muito gratificante. Então, rapazes, hoje o papo é com vocês!

burberry suits

Todo homem usa terno – seja no dia a dia pra trabalhar, ou pra alguma ocasião especial. E, se é um traje tão usado pela população masculina, é bom entender um pouquinho mais sobre esse potencial uniforme. A análise cromática também é muito útil para os homens neste momento, já que é difícil fugir das cores muito escuras como o preto, cinza e azul marinho para os ternos: uma gravata na cor certa pode equilibrar o visual por completo, fazendo este homem parecer mais jovem e atraente – e também mais confiante.

O terno é o conjunto da calça, paletó e colete, mas é raro que se veja homens usando colete no dia a dia: o terno passou a ser socialmente aceito como o conjunto apenas da calça com o paletó. Eu já vi muitos vendedores brasileiros diferenciando “terno” e “costume”, adotando o termo “terno” para identificar o conjunto completo (calça + paletó + colete), e “costume” para o traje simplificado (calça + paletó). Na verdade, “terno” e “costume” são sinônimos (tanto quanto “fato”, no português de Portugal).

d&g suits

E ternos (ou costumes, ou fatos) não são todos iguais, ainda que as peças sejam sempre as mesmas: há algumas diferenças significativas de um terno para outro, que podem revelar qual a herança de cada um deles! Um terno pode ter herança britânica, italiana ou americana, e um terno slim fit pode se encaixar em qualquer uma destas heranças.

Um terno com caimento correto cria uma silhueta forte e um visual elegante. Muito mais do que a cor e o tecido, é preciso observar a estrutura dos ombros, a escolha da lapela e da altura do recorte, a quantidade e a posição dos botões (simples ou dupla?), onde ficam os bolsos e se devem ser mais ou menos aparentes, quanta ênfase se quer dar à cintura, o número de fendas na parte traseira do paletó, o tamanho das mangas, as costuras e o forro, as pregas nas calças. Além disso tudo, é preciso observar a regra do polegar!

rule of thumb - manga

A regra do polegar é um jeito fácil de saber qual é a altura correta da manga do paletó com relação à camisa: o correto é que só apareça uma parte do punho da camisa, equivalente a um polegar (deitado, é claro), como mostra a ilustração acima.

O tamanho da gravata também pode variar, mas é importante que ela sempre preencha o espaço existente do colarinho. Os ternos podem variar de acordo com as heranças e/ou tendências e, numa consultoria de imagem e estilo, o personal stylist ajudará a compreender e a escolher o melhor tamanho de gravata, o melhor caimento para cada tipo físico, e também quais tendências cada tipo físico pode e deve incorporar ou evitar.

Um comentário em “Terno não é tudo igual!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s