Lenços na cabeça, de acordo com Hermès

É inegável que a pauta BBB está nos assuntos mais comentados por 9 em cada 10 brasileiros, seja por quais motivos for. As diversas polêmicas da edição 2021 do reality show incluem o uso de lenços na cabeça por alguns participantes do programa. Devo dizer que a maioria dos comentários que li “nas internets” sobre o uso desse acessório não foi positivo – o que não me surpreende, já que, culturalmente, os brasileiros não são muito adeptos a “acessórios de cabeça” no dia a dia.

Eu, por exemplo, sempre amei usar arcos e chapéus. Desde pequenininha, chapéu é um acessório que eu gosto de usar a maior parte do ano. Mas 99% das vezes que uso chapéu no Brasil, noto os mais diversos olhares de estranhamento. Vale notar que bonés não são tão julgados quanto chapéus – mas isso já seria motivo de reflexão suficiente pra outro post.

No ano passado, com a pandemia do novo coronavírus, eu me vi procurando alternativas de prender o meu cabelo o máximo possível nas vezes que precisei ir na rua durante o verão: estudos mostram que cabelos soltos podem ser vetor de contaminação, uma vez que temos a tendência de levar as mãos (nem sempre limpas) aos cabelos. Não vou entrar nos pormenores das questões higiênicas, muito menos das minhas manias de limpeza, mas fato é que encontrei nos tradicionais carrés da Hermès uma alternativa estilosa de deixar os cabelos bem presos.

Como todas as peças clássicas da maison, os carrés da Hermès tem uma história interessante. Estima-se que cada uma desta peça francesa clássica, um quadrado 90cm x 90 cm feito de seda pura (carré significa, literalmente, quadrado), seja vendida a cada 30 minutos ao redor do mundo. Com mais de 1500 desenhos disponíveis, a estampa Brides de Gala é considerada o principal bestseller da maison. As proporções generosas do carré neste material luxuoso e sensual, e seus desenhos coloridos inspirados pelo mundo equestre e também por viagens e arte, fizeram com que os carrés de Hermès se tornaram um símbolo do chique francês. Há um certo respeito por essa peça icônica, que pode atravessar gerações, sendo passada como um tesouro de mãe para filha.

As coleções de primavera/verão costumam ser as mais esperadas pelas francesas, que costumam escolher uma nova estampa para o período mais quente do ano. Reza a lenda de que toda menina francesa que se preze, ao completar 16 anos, recebe um carré de Hermès de presente. Mantendo a tradição da maison, os carrés são feitos à mão: por mais de meio século, os fios de seda (cerca de 450km de fio para cada carré) passam pelos teares de Perrin & Fils. Demora-se cerca de 400 a 600 horas para que os estampadores dissequem os desenhos, que podem ter até 30 cores. Isso sem falar no processo de bainha, enrolado à mão: as bordas dos carrés são costuradas com fios da mesma cor, depois de serem gentilmente enrolados. Sim, é puro luxo; não por acaso, os carrés de Hermès fazem parte da base do estilo BCBG (sigla para Bon Chic Bon Genre) parisiense, lado a lado das headbands de veludo, jaqueta Barbour e colar de pérolas.

Eu poderia fazer um texto (ainda mais) extenso sobre a história do carré, que é uma peça tão fascinante e cheia de história, mas agora vou direto ao ponto: o mais interessante é que esta peça icônica pode ser usada de mil maneiras diferentes, o que traz muita personalidade ao look. Os carrés de Hermès podem ser usados como foulards ao redor do pescoço em noites frescas de primavera, como cintos, como bolsas, ou até mesmo como um top/bustiê. Mas o tema deste post é o uso dos lenços nos cabelos! E é por isso que eu trago algumas imagens da Hermès para inspirar você a pensar fora da caixa e emoldurar seu rosto com muitas cores.

Acho que ficou provado que os lenços são peças super versáteis, não é?! E embora eu tenha usado a história do carré da Hermès e imagens da maison para ilustrar o post, é claro que podemos encontrar lenços das mais diferentes marcas, nas mais diversas lojas, e dos mais variados preços para encher o #lookdodia de interessância! O importante, como sempre, é você se expressar por meio do seu estilo, usando suas roupas para comunicar a imagem que você deseja transmitir!